Flor-de-Luz


“Flor de Luz reluz
Brilha, o tempo é teu
Volta tudo atrás
E trás o que foi meu.
Feridas vais sarar
Do qu’aconteceu
Salva o qu’eu perdi
E trás o que foi meu…”

(Entrelaçados)

5 comentários:

pinguim disse...

Olá
ainda és vivo? (ehehehe)

Bruno Cardona disse...

:) sim ainda estou vivo :) não tenho dado muita atenção ao blog, mas se os visitantes gostarem continuo :)

Maria Valadas disse...

Olá Bruno.... Há quanto tempo que não dava noticias!
Foi com mt prazer que recebi a sua visita.
Espero que desta vez seja mesmo para ficar.

Abraço amigo da

Maria

Anónimo disse...

será que esta é a luz que te vai fazer brilhar de novo na tua arte!!!
não desistas!
acredita em ti como eu acredito!
jocas.....

Rabisco disse...

Gosto muito deste trabalho!
Mesmo muito!

Vê se trazes mais trabalhos outra vez, sim?

Abraço grande

http://www.rabiscosincertossaltoemceuaberto.blogspot.com/